24 de março de 2014

Fenômenos

EDIÇÃO 011
 
Dando continuidade, conforme prometido, ao conteúdo "Química" da edição 003 do Cursinho Pré-ENEM Online, voltaremos a abordar nesta postagem (aula) o assunto substâncias puras e misturas. Mas antes, iniciaremos com o assunto fenômenos.
 
Fenômeno vem a ser uma manifestação.
 
Há os fenômenos:
 
Físicos - em que a composição dos compostos não é afetada e não há a produção de novas substâncias
Químicos - que formam novos compostos e há reações
Nucleares - que afetam o núcleo atômico e há radioatividade
 
São indícios de fenômenos químicos:
 
1º Mudança de cor
2º Formação de bolhas, que indica liberação de gás, como é o caso, por exemplo, de um comprimido efervescente num copo com água
3º Formação de sólido, em que há precipitação, como é o caso, por exemplo, de um sólido que se forma e se deposita no meio de uma solução líquida
 
FENÔMENO FÍSICO
 
Um fenômeno físico não altera a natureza da matéria, portanto, a passagem dos estados físicos (sólido, líquido e gasoso) é um exemplo de fenômeno físico.
 
FENÔMENO QUÍMICO
 
Um fenômeno químico transforma a natureza íntima da matéria. A combustão do álcool etílico é um exemplo de fenômeno químico. Observe:
 
 
Note também que a combustão do álcool etílico produz novas substâncias.
 
MUDANÇAS DE ESTADO FÍSICO
 
As mudanças de estado físico podem ser fusão, vaporização (evaporação, ebulição e calefação), solidificação, condensação, liquefação e sublimação. Veja na imagem:
 
Leia-se:
 
A passagem do estado sólido para o líquido é a fusão.
A passagem do estado líquido para o gasoso é a vaporização, que pode ser evaporação, que é um processo lento e natural  como é o caso de roupas secando no varal; a ebulição, que é um processo artificial e rápido como, por exemplo, ferver água numa panela e a calefação, um processo abrupto e violento como jogar uma pequena quantidade de água numa superfície muito quente.
A passagem do estado gasoso para o estado líquido pode ser a condensação ou liquefação. É liquefação quando se passa gás para líquido e condensação quando se passa vapor para líquido.
Já a sublimação, pode ser entendida tanto como a passagem do estado sólido para o gasoso, assim como do estado gasoso para o sólido. Alguns autores preferem, no último caso, o termo ressublimação. A naftalina é um clássico exemplo de substância que sofre sublimação.
 
PONTO DE FUSÃO/SOLIDIFICAÇÃO
 
Ponto de fusão é a temperatura em que uma substância muda do estado sólido para o estado líquido.
 
Ponto de solidificação corresponde ao processo inverso, embora as temperaturas sejam equivalentes.
 
PONTO DE EBULIÇÃO/LIQUEFAÇÃO
 
Ponto de ebulição é a temperatura em que uma substância muda do estado líquido para o estado gasoso.
 
Ponto de liquefação corresponde ao processo inverso, embora as temperaturas sejam equivalentes.
 
Portanto, no caso da água,  o Pf (Ponto de Fusão) é 0ºC e o Pe (Ponto de Ebulição) é 100ºC.
 
(!) Na edição 003 do Cursinho Pré-ENEM Online, nós explicamos sobre sistemas materiais a qual este conteúdo de fenômenos e estados físicos também possui relação. Vamos agora a mais um exercício sobre isso.
 
Identifique os itens presente em cada um dos sistemas materiais abaixo e depois confira a sua resposta com a da resolução. Nós resolveremos o número 1 para servir de exemplo.
 
1)
 
2)
 
Agora, confira a resolução com resposta do exercício 2:
 
 
CLASSIFICAÇÃO DA MATÉRIA
 
Na edição 003 nós vimos o esquema com sistemas materiais. Agora, vamos ver um esquema semelhante com classificação da matéria. Este esquema, apesar de importante, possui menos importância de ser memorizado do que o outro.
 
 
Enfim, terminamos este conteúdo. Boas releituras, boas práticas de exercícios e boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário